terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Da "espiral recessiva" ao "milagre económico" no espaço de um ano

Ou a miséria dos economistas do mainstream:
"Temos urgentemente de pôr cobro a esta espiral recessiva, em que a redução drástica da procura leva ao encerramento de empresas e ao agravamento do desemprego." - Cavaco Silva, mensagem de Ano Novo de 2013.

"Portugal, não Espanha, é o verdadeiro milagre económico na Península Ibérica." - análise do Commerzbank conhecida hoje.

2 comentários:

Antonio Cristovao disse...

Olhando para a redução dos indices negativos(timida) com tanta austeridade bem precisamos dum milagre para não ficarmos assustados com o futuro. E os politicos que empurram com a barriga as reformas que nos podem dar mais esperança.

Floribundus disse...

a dívida ainda está a aumentar para os contribuintes

depois têm que pagar a mesma com cortes nas reformas e noutras despesas que constam do OE

o MONSTRO tem que emgrecer