quinta-feira, 31 de outubro de 2013

O guião ortográfico

Será que uma das razões que explicam o sucessivo protelamento na divulgação do famigerado guião possa ser resultado da tensão, profusamente patente no texto (por exemplo, "inspecção" e "inspeções" na 3ª e 4ª linhas da página 48), quanto à (próxima?) norma ortográfica a adoptar? Ou tratar-se-á de uma outra "reforma" avant la lettre?

1 comentário:

Antonio Cristovao disse...

basta enumerar que se trata duma palhaçada propria dum politico que só tem espectaculo para oferecer aos fieis.Salva-o a fé forte e pouco uso de neuronios dos votantes