sábado, 23 de novembro de 2013

Fascismo sanitário em acção (act.)

Da edição do Expresso de hoje:


ACTUALIZAÇÃO: dou-me agora conta que o Ministério da Saúde  desmentiu "não se revê" nesta notícia e que os seus propósitos em matéria de "guerra" anti-tabágica se centram antes no pedagógico acto de "informar" e sempre no apelo ao "bom senso", pelo que a notícia do "Expresso" assentaria numa "interpretação abusiva e lesiva das palavras do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde", Leal da Costa.

Por que razão será que este "desmentido" me deixa tão inquieto?

4 comentários:

Floribundus disse...

o ex-presso não serve nem para fins pouco higiénicos. prefiro não levar o lau-cinho a sério. estão de costas para a realidade.

sempre com 'estórias' embalsamadas.

tenho a impressão que estavam a pensar em castrar em vez de cadastrar.

queriam continuar a comer a crédito e renegociar para serem as próximas gerações a pagar a factura

felizmente não tenho netos.

'no country for ALL men'

porca miseria!

Eduardo Freitas disse...

Caro Floribundus,

Não tenho pelo Expresso nenhuma reverência especial e o jornal há anos que publica "caixas" que se vêm a revelar erradas quando não mesmo falsas. Recordo-me, por exemplo, de uma célebre: "O FMI já não vem".

No caso, porém, e apesar do "desmentido" entretanto anunciado pelo Ministério da Saúde, o facto do sr. Leal da Costa já ter feito (ou tentado fazer) tantas coisas destas - salvar-nos de nós mesmos - que não tive reservas quanto à credibilidade do que vem na capa do Expresso e está acessível online(deixei há muito de ler o jornal).

Saudações

Eduardo Freitas

P.S. - Tornei-me um visitante regular do Viático de Vagamundo. Obrigado pois pela indicação que me veio permitir contactar com o trabalho de alguns artistas que não conhecia, como era o caso, por exemplo, de Harold Harvey e que muito apreciei.

Floribundus disse...

meu Caro
durante os anos da década anterior com sede nos arredores de Viena, percorri parte da Europa central a visitar bibliotecas, arquivos e museus.

em 2005 consegui alojamento baratíssimo em Roma e autorização para pesquisas no Arquivo e Biblioteca Apostólica.

não escondi que era maçon, anarca e ex-social-democrata e fundador dum partido. abandonei o GOL por ter sido roubado pelo meu ex-advogado e obrigado a viver de pequena pensão

pude publicar as informações em 6 livros e recolher as que ficarão no meu espólio da BNP e dariam para mais 6. o nicho de mercado é pequeno excepto para romances.

dos assuntos além da maçonaria, história, morte química e drogas relaciona-se com a pintura.

recolhi perto de 40 mil fotos por temas e pintores.

fica inacabado, por ser tema muito extenso (inclui tipo de vida), a condição humana no tempo de Jesus Cristo.

preocupa-me em custos pessoais e sociais a vida que actualmente se conduz a nível urbano e suburbano: 1 milhão de alcoólicos, 100 mil drogados, 1/3 de diabéticos, 100 mil dementes, etc.

aconselho leitura do poste 'química biológica'.

o blogue é um refúgio. posso fornecer-lhe informações e fotos
pelo e-mail myballs78@sapo.pt

Antonio Cristovao disse...

Mas a mim o M.Saude já me cadastrou desde pequeno e aos meus pais tambem e irmã. Só o meu cão é que foi cadastrado pela Camara municipal, penso que seja uma competencia apenas compativel com as Camaras.não percebi, alem da vontade legitima de vender jornais ou a de parecer muito livre e defensor das liberdades tanta propaganda para uma pratica de mais de 60 anos.