sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Impressoras monetárias e novilíngua

Fed não descarta estímulos perante "sérias preocupações" económicas.

Tradução: parece vir aí mais uma injecção de "liquidez estimulante" (moeda digital criada do nada nos computadores da Fed). A única curiosidade que restará é saber se depois das primeiras acções de "quantitative easing"1, conhecidas pelos acrónimos QE1 e QE2, teremos agora uma ronda Q3, a que seguirá QE4... até QEn (onde 'n' é indeterminado) ou se assistirá a mais um mero exercício de criatividade linguística.
______________________________________
1A tradução, literal, daria algo como "alívio quantitativo". Soa-lhe mal? Também a mim. Mas o problema está no original...

3 comentários:

Unknown disse...

Acabar o FED e voltar ao padrão ouro são dois eventos que iremos assistir até ao final da década.

Eduardo F. disse...

Caroo Unknown,

Peter Schiff também é dessa opinião: US 'to return to gold standard within two years', says Euro Pacific Capital chief Peter Schiff.

Eu não estou tão optimista. Creio que o "Great Default" que Gary North vaticina vai mesmo (tem mesmo) de suceder mas talvez não esteja tão iminente assim. Era bom que fosse eu a estar enganado.

JS disse...

Exactamente, jangadas verbais.
Cuidado, Não flutuam!.