segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Roubo, corrupção e péssimo serviço

Há umas semanas atrás, a propósito da greve dos taxistas de Atenas, publiquei um post onde tentava explicar a razão pela qual a greve estava a ocorrer. Notei, na altura, que o sistema de monopólio de que os taxistas de Atenas gozam (e que impede o acesso livre à profissão), leva a que cada licença de operação seja transaccionada com valores de “trespasse” que chegam a atingir os 190 mil euros.

Recordo-me até de, entretanto, ter lido ouvido, já não sei por quem, glosar os nossos centenários (pelo menos desde Ramalho Ortigão e Eça de Queiroz) alvos de benchmarking por mais este escândalo.Ora os gregos, com as várias peculiaridades que são próprias de cada povo, não inventaram nada de novo.

Aliás, hoje mesmo, foi noticiado que em Nova Iorque, Manhattan, o sistema de medallions (medalhões amarelos necessários para a actividade legal de cada táxi) em vigor desde os tempos do New Deal (*), propiciou um novo recorde: foram “leiloados” dois novos medallions (isto é, duas novas licenças de táxis) pelo astronómico valor de 705 mil dólares cada! Ao câmbio de 1,43 dólares/euro, 493 mil euros, quase três vezes mais do que em Atenas!

Este roubo aos nova-iorquinos - e a todos os que visitam a cidade -, resultante de haver muito menos táxis do que haveria caso o acesso à profissão fosse livre e que, desse modo, se traduz em tarifas muito mais altas do que as que ocorreriam caso o mercado fosse livre, é feito, claro está, em nome da defesa dos interesses da cidade! Não é difícil imaginar a corrupção que está associada a este estado de coisas! E quanto à qualidade do serviço prestado, melhor será perguntar aos que o já experimentaram. Creio mesmo que o último americano a conduzir um yellow cab em Manhattan foi Robert De Niro quando rodava Taxi Driver...
________________________
(*) – Aconselho vivamente a leitura do artigo da Wikipedia, em inglês. Um cheirinho: «(…) the city considered creating a taxi monopoly. The plan was abandoned after Mayor Jimmy Walker was accused of accepting a bribe from the Parmelee Company, the largest taxi company»

2 comentários:

Anónimo disse...

http://renderingfreedom.blogspot.com/2011/04/taxis-o-primeiro-passo-do-sistema.html

Eduardo F. disse...

Caro Anónimo,

Grato pelo interessante link.